Zonas costeiras vs alto mar

Near-shore wave energy levels compared with off-shore and on-shore
A análise de alto nível recursos globais de energia das ondas indica as áreas do globo onde os conversores de energia das ondas podem tirar o máximo partido desta fonte de energia limpa. Contudo, uma análise mais detalhada das características do clima de ondas indica que também existe uma clara distinção nas condições das ondas que existem em alto mar e na costa. Face aos constrangimentos técnicos e económicos, as áreas costeiras oferecem oportunidades mais atrativas para exploração do que as áreas em alto mar.

As localizações perto da costa oferecem um pouco menos de recursos exploráveis, mas com muito menos condições extremas, acessos mais fáceis e critérios de desenvolvimento do projeto significativamente mais simples, o que resulta em requisitos de investimento muito mais baixos por MW de capacidade de produção de eletricidade.

Filtrar as maiores ondas. As ondas extremas criadas durante as tempestades não alcançam as áreas perto da costa porque rebentam em águas menos profundas. Os conversores de energia das ondas instalados em águas mais profundas do que as do WaveRoller têm de suportar estas condições extremas. Assegurar a sustentabilidade nestes locais é um grande desafio, quer no que diz respeito à tecnologia quer no que diz respeito ao custo.

Propagação direcional mais estreita. As ondas em águas profundas podem deslocar-se quase em qualquer direção, o que torna a extração de energia mais difícil. Contudo, à medida que as ondas de águas profundas se aproximam da costa, estas entram em contacto com o fundo do mar e é esta “fricção” que as conduz para a costa. Assim, os dispositivos WaveRoller localizados em áreas costeiras encontram ondas que vêm quase sempre da mesma direção, aumentando em muito a quantidade de energia extraída.

Energia das ondas com muito potencial de exploração. A altura máxima das ondas observadas perto da costa está muito mais próxima da média de altura das ondas. Esta menor variação da altura das ondas significa que os conversores localizados perto da costa encontram estados de mar mais aproximados às suas condições normais de operação. Esta situação permite que haja recursos de energia das ondas com muito potencial de exploração. Pelo contrário, as localizações em alto mar caracterizam-se por uma grande energia das ondas em bruto mas níveis muito mais baixos de recursos exploráveis, devido às condições extremas.

Menos perdas na transmissão de energia. Naturalmente, as áreas costeiras estão mais perto da costa do que as áreas em alto mar. Uma distância menor da terra significa que a eletricidade pode ser integrada na rede com menores perdas de energia. Embora os parques WaveRoller não tenham constrangimentos relacionados com a distância da praia, a proximidade da costa reduz significativamente os custos de infraestrutura.

WaveRoller operates in near-shore wave climate- milder than offshoreAmplificação do movimento oscilatório da água devido ao efeito de empolamento (shoaling). As partículas da água em ondas de águas profundas deslocam-se em movimento circular. Este movimento é alterado perto da costa devido à interação com o fundo mar. Nesta zona, a água desloca-se em movimento oscilatório, que é exatamente o fenómeno utilizado pelo WaveRoller (mais informação em fenómeno de vaga  (surge). Embora o movimento circular em águas profundas fosse suficiente para colocar o dispositivo em movimento, as forças são amplificadas perto da costa, o que faz com que seja esta a localização ideal para o WaveRoller.